Eu...

Sou como mãe, o que sou como pessoa.

Dou o meu melhor. Faço o possível por ser o melhor possível.

 

Mas sei que existem muitas formas de fazer bem. Sei que o que é bem depende da perspetiva.

 

Por isso, tenho muita dificuldade em criticar. Dizer mal, esse hábito tão português, é coisa que me passa ao lado.

Não gosto de o fazer. Não o faço. Ponto.

 

E depois tira-me do sério quem o faz. A sério. Ele há pessoas que vivem disso. Fazem dessa, a sua principal atividade.

Mexe comigo. Mesmo. Sobretudo, claro está, quando sou o alvo. Mas não apenas. Detesto.

 

Tenho dito. ;)

publicado por pipocateresa às 16:50 | comentar | favorito