Sono dos anjos...

Depois de mamar a meio da noite sabe-me tão bem deixá-la ficar na nossa cama. E não é por preguiça. É mesmo porque aquele doce ali ao lado, enche a minha alma de alegria e ternura.

 

(Sim, sei que é um mau hábito... e, por isso, faço quase sempre o esforço de colocá-la no berço novamente. Mas hoje não me apeteceu ir contra o meu desejo. E soube tão bem!)

publicado por pipocateresa às 09:16 | comentar | favorito
tags: