Sabe tão bem...

Ter um dia como hoje.

 

Não foste ao infantário porque tive que passar na médica devido ao teu rabinho assado.

 

Foi um dia tão doce como o algodão doce. Entre muitos mimos, sonos longos (que me permitiram corrigir uns trabalhos), passeio à beira do rio, brincadeira e colo, muito colo, passámos o dia. E tu, meu amor, riste-te o dia todo! Mas que alegria!

 

E é nestes momentos assim que me lembro (e que penso e que sinto) como era bom partilhar contigo, a 100%, os primeiros anos da tua infância.

 

publicado por pipocateresa às 23:05 | comentar | favorito