26
Dez 09
26
Dez 09

Ainda no meio das filhozes

É assim que estamos! Aqui em cima o Natal é bem docinho. Filhozes, bolo rei, rabanadas, pudim, sopa seca, formigos, aletria, bolo de ananás, broinhas de Natal, etc. Gostava de dizer assim: já estou enjoada com tanto doce! Mas, não... Continuam a chamar por mim... :)

 

O Natal foi muito doce, em todos os sentidos. A princesa saltita de colo em colo, de mão em mão, num mimo que só visto! Mas está mesmo bem disposta e feliz. Tirando a tosse forte que persiste e a faz acordar a meio da noite, e estaria tudo perfeito. E está tão engraçada, vivaça! Recebeu umas panelas de prenda de Natal e que loucura! Adorou! Adora brincar ao faz de conta e então, "faz de conta" que come, "faz de conta" que dá de comer às bonecas, um amor!

 

Até breve!

publicado por pipocateresa às 15:25 | comentar | ver comentários (1) | favorito
23
Dez 09
23
Dez 09

É Natal! É Natal!

E este é o segundo Natal da Pipoca e, consequentemente, deste nosso cantinho. No ano passado foi passado a Sul. Este ano rumamos a Norte. A nossa família é como os pontos cardeais. :)

 

Vamos amanhã. Hoje ainda trabalhei e, por isso, ainda não desacelerei... Aliás ainda estou agarrada ao PC... Mas recebi uma grande notícia para terminar o ano em beleza: estabilidade profissional.

 

A todos que nos visitam um Bom Natal!!

Até breve!

publicado por pipocateresa às 21:59 | comentar | ver comentários (1) | favorito
20
Dez 09
20
Dez 09

Acerca de nós

Andamos londe daqui, é verdade. O trabalho é muito, muito, muito. Um verdadeiro pico de trabalho atingiu-me neste final de ano.

 

A Teresa lá foi recuperando da gripe A, devagar. E nós também. Entretanto, este fim de semana ficou novamente constipada e com febre... Frio e creche não são grandes aliados das crianças nesta altura.

 

Ela está muito engraçada e reguila. Montámos a árvore de Natal e lá a ensinámos que só pode tocar nas bolas. Não pode tirar as bolas nem mexer no presépio. Por enquanto, vai cumprindo. Ontem estava ao colo da avó (vieram cá os meus pais este fim de semana) e tirou uma bola, foi a primeira. Eu, entretanto, entrei na sala e ela muito atrapalhada a tentar pendurar novamente a bola, mas sem conseguir. Quando dizemos não a alguma coisa, começa a tentar esticar a corda para ver se cola. É engraçado vê-la a testar os papás. Também isto é crescer.

 

E hoje estou triste porque o blog da Gabriela vai terminar... Era tão bom saber de vocês. Um dia seremos nós, talvez. Mas custa-me sempre tudo o que seja um final, ainda que feliz. Custa-me pensar que depois abrimos o blog e temos sempre a mesma última notícia, como se o mundo tivesse parado ali naquela última história.

 

Até breve!

publicado por pipocateresa às 11:23 | comentar | ver comentários (1) | favorito