31
Mar 10
31
Mar 10

Sinto-me

... meia Isabel

 

 

Tenho tantas, mas tantas saudades daquelas mãozinhas sapudas que se enrolam ao meu pescoço, daquele sorriso desprendido e inocente, daquela gargalhada fácil, daquele rabito sempre a cirandar, daqueles beijitos molhados a toda a hora (tão beijuqueira)...

 

E de te saber ali mesmo ao lado do nosso quarto, de te ouvir respirar, de te ter, enfim, só para mim...

 

(amanhã vamos ter com ela... Está pelos vistos a adorar e nem pergunta por nós... mãe sofre. A prima está com ela e têm brincado imenso)

publicado por pipocateresa às 15:48 | comentar | ver comentários (2) | favorito
24
Mar 10
24
Mar 10

Coisas do fim de semana

Este fim de semana tivemos direito a uma saidinha a dois. Tínhamos um aniversário e pela primeira vez a Teresa ficou a dormir fora de casa. Em casa da tia M., irmã do H.

 

Correu tudo muito bem. Por volta das 18 deixámos a Pipoca em casa da titi. Antes disso ainda deu um ar da sua graça numa apresentação de um livro. Um colega meu lançou um livro e eu quis passar por lá para deixar um beijinho e comprar um livro autografado pelo autor. Levei a Teresa comigo. Sim e foi por vaidade. Foi mesmo vaidade pura. E também porque adoro que ela ande atrelada a mim. Chegou muito sossegada, muito atenta e sorridente. Eu adivinhei que seria sol de pouca dura pelo que comprei um livro para que se distraísse um pouco. Acertei em cheio! 5 minutos passados já queria ver todos os livros para criança da livraria. Sim porque agora começa a ler o livro e sim que é muito giro e tal, mas diz aí na segunda folha “acabou” e venha outro. Mas sempre bem disposta. Entretanto começa a apresentação do livro por um senhor empresário muito conhecido da nossa praça. A Teresa senta-se ao meu colo a comer uma pata de veada, sim porque ela abriu o porto de honra. Entretanto acaba a pata e começa “olá!”, “olá” e olha para o tal empresário muito atenta e a achar super estranha a ausência de resposta da parte dele. Entretanto entra o livro em acção, o tal que comprei logo quando cheguei. Pois… má ideia. Porque o silêncio não é bom amigo da Teresa e ela vá de fazer cucu, e olha isto e olha aquilo, e depois “aão, ão” e “ron ron” consoante os animas apareciam. Pois que tive que sair praticamente a correr porque nem fora do espaço dava para estar, visto que a teresa é bastante enfática e sonora. lolololol

 

Depois seguimos para a festa porque o sítio ainda fica a 40 km de Coimbra. Foi giro e, sobretudo, foi bom não estar ansioso com o ir para casa a correr. Deixámo-nos ficar até à meia noite e depois regressámos.

 

Esta foi também uma experiência porque na próxima semana a pipoca vai ficar em casa da avó. A tia M. que é solteira, vai tirar férias na próxima semana e quer levar as duas sobrinhas................... Não me apetece nada, mesmo nada. Uma noite e tal ainda vai, mas chegar a casa um dia e outro e outro e ter a casa vazia.............. Não sei...

publicado por pipocateresa às 21:58 | comentar | ver comentários (3) | favorito
16
Mar 10
16
Mar 10

E com o sol a querer fugir...

Mas ainda por aqui, continuamos a aproveitar. Às 5.30 lá estamos a buscar a pequena para aproveitar até às 6.30. Temos dado um passeio quase todos os dias (amanhã não dá porque chego tarde sniff sniff). Ela corre tudo e correr é mesmo o que mais gosta. Não pára. Vamos ao parque infantil mas o que ela faz mesmo é andar às voltas a correr... E fala, fala, fala. Todos os dias se sai com coisas novas. Ontem estávamos a jantar e, de repente, ouvimos "um, dos, tês, cato, tinco, teis, tete"... E nós olhámos um para o outro e desatámos a rir... Disse mais uma vez e outra e outra. Aprendeu na escola, porque nós nunca lhe tínhamos ensinado. Hoje tentámos novamente, já não disse... Riu-se apenas. Mas foi giro! "Anda cá", "Pó chão" também já diz. Fica zangada se não a percebemos e contente quando se faz entender.

 

publicado por pipocateresa às 22:02 | comentar | ver comentários (3) | favorito
12
Mar 10
12
Mar 10

E porque o prometido é devido...

 

Os nossos finais de tarde têm sido no parquinho aqui do prédio. Eu namorava-o desde Outubro, quando foi montado. Já sonhava com os nossos finais de tarde a correr no chão fofo, a descer no escorrega (e como ela gosta), a andar no burro ou no camelo (só falta mesmo um baloiço). Tudo cumprido!!! E agora dizemos "vamos aos baloiços??" e ela até pula, esfrega a cara de alegria, dá guinchinhos. E somos felizes! hihi

 

P.S. Mamã Fortuna, obrigada pelo miminho!! Foi uma honra! Assim que conseguir farei a minha parte.

 

publicado por pipocateresa às 10:03 | comentar | ver comentários (3) | favorito
08
Mar 10
08
Mar 10

Porque se isto for verdade.........

 

 

Eu juro.... SE isto for verdade...

Eu peço a reforma antecipada...

Ou faço um retiro espiritual...

Ou peço uma licença sabática...

Ou, ou, ou...

Só para curtir este sol lindo que se prevê para os próximos dias...

 

E que venha ELE, pleaseeeeeeeeeeeeeeeeee.

publicado por pipocateresa às 14:55 | comentar | ver comentários (2) | favorito
07
Mar 10
07
Mar 10

Nós e as palavras aos 17 meses

 

 

E aos 17 meses diz:

Mamã, Papá, Papa, Cocó, Olá (a primeira), Hopla, Possa (ups), Eh pá (ups novamente) Upa, Dá, Eixa (deixa), Itty ou Kiki (Kitty), Nês (Inês), Oão (João), Deus (adeus), Cão, Xau, Lacha (bolacha), aba (água), oó, tá tá (já está), pé, bebé, Pato (Pato e Sapato), Cabou (acabou), Quiu (Caiu), Tê (Teresa), Vaca, Poco (porco), Pato, Más (mais), bola.

 

 

Repete as frases que nós dizemos, sobretudo o final. 

 

 

Imita os sons dos seguintes animais: Cão, vaca, porco, macaco, galinha, gato, pato. 

 

 

Corpo humano: identifica cabeça, barriga, xixi (pipi), cocó (rabo), barriga, nariz.

 

Percebe muito bem o que dizemos e obedece a ordens como "vai ai escritório chamar o papá", "vai buscar o bebé", "faz oó ao bebé", etc.

 

Todos os dias surge uma novidade. E o denominador comum mantém-se: boa disposição. Tem um humor giríssimo.

 

Desde os 15 meses está numa fase óptima. Come bem, dorme melhor, brinca imenso. E não fosse este tempo e a nossa vida seria ainda mais luminosa.

 

Parabéns meu amor! E... obrigada, muito, por seres como és!

publicado por pipocateresa às 18:23 | comentar | ver comentários (3) | favorito
04
Mar 10
04
Mar 10

Maria Inês

 

Às 22 semanas estás assim! E já se adivinha o nariz arrebitado e o queixo recuado como o da mana. Linda! Cá estamos à tua espera e a preparar os nossos corações para uma nova princesa. Começamos a ser muitos (muitas...)... e é tão bom!

publicado por pipocateresa às 21:11 | comentar | ver comentários (3) | favorito
tags:
01
Mar 10
01
Mar 10

Nós e a música

Sempre gostei de música. De vários tipos, cantores, épocas.  Sobretudo música "positiva", música que transmite bons feelings, que nos faz ter vontade de ir para a rua dançar, de curtir uma tarde ao sol. Tenho músicas, várias, que me fazem lembrar épocas, pessoas, momentos, experiências. O H. é igual, mas muito mais culto em termos musicais do que eu. Pouco percebo de correntes e influências, gosto e ponto.

 

A Teresa herdou o gene, mas na passagem de pais para filha, o gene ganhou um novo fulgor. Pois que a cachopa passa o dia a abanar-se. Quando houve música, toda ela se mexe, mas de tal forma que até chega a cair.  Cada animal tem uma música associada, cada acontecimento tem um som. Por exemplo, se estamos a ver um livro de animais, e eu digo "aqui temos um crocodilo", aquele rabito arrebita e toca a abanar-se como quem diz "canta", e eu lá começo "o crocodilo danilo, vivia no rio Nilo", se for o sapo, tem que ser "sapo, sapo, sapo à beira do rio...". O hipopótamo, por exemplo, tem duas músicas associadas e ela quer ouvir as duas (e ai de mim se não percebo que já é hora de mudar para a segunda múdica) e que são a Popota e a música do hipopótamo bebé.  "Quando lhe digo "vamos lavar os dentes", toda ela se abanica a pedir "um copo com água, uma escova e pasta...". E até à noite, não lhe posso dizer boa noite sem cantar "está na hora da caminha, vamos lá dormir....".

 

E a única coisa triste desta vida é mesmo o sol tardar a aparecer. É que até não era mau que fosse segunda-feira (ou pelo menos tão mau) se houvesse sol, se pudesse acalentar o desejo de um passeio ao final do dia...........

 

publicado por pipocateresa às 14:04 | comentar | ver comentários (2) | favorito