Festa adiada...

E o meu amor pequenino comemorou o seu primeiro aniversário com a sua primeira virose à séria! Na quarta estivemos na médica para a consulta do ano e já estava, nessa altura, com 38 graus. Quando chegámos a casa já estava em valores que antes nunca tinha visto: 39,5º. E de quarta até sábado, foi sempre assim: entre o benuron e o brufen, dados, de uma forma intercalada, de 4 em 4 horas, a febre subia sempre até aos 39 e nunca descia abaixo dos 37,8. Claro que na quinta já não fui trabalhar, o mesmo acontecendo na sexta. Ainda pensei ir de tarde, ficando o H. com ela de manhã. Mas a febre estava tão terrível, que me obrigava a despi-la, dar-lhe banho, recorrer a panos húmidos, etc., e a fazer isto tudo com calma e serenidade, algo que, de uma forma geral, falta ao sexo oposto. O H. que é um paizão maravilhoso, ficou tão aflito que já queria ir a correr com ela para as urgências. Homens! lol. E a miúda só tinha mesmo febre!

 

Agora já está bem, parece que não nada com ela. Comeu sempre bem durante estes dias, nem parecia que estava tão doentinha. Andou relativamente bem disposta e agora está do mais "MAMÃ" que se possa imaginar. Eu não posso ir sequer à casa de banho, que a minha pipoca lança-se na sua saga pela casa, de gatas, a uma velocidade incrível, e em menos de 1 minuto já me descobriu. Quando não tem pachorra para a corrida, ele é ouvi-la "Ma mã, Ma mã, Ma mã" naquele tom de suplica que derrete este meu coração que já de si é derretido de todo.

 

E a festa? Pois a festa fica para o próximo sábado! Daqui a pouco apaga a vela do 1 ano, já com 2!!!

 

publicado por pipocateresa às 12:30 | comentar | favorito