19 meses

Chegámos aos 19 meses.

 

Este foi um mês...

 

De sol, de passeios, de "baloichos" ao final do dia, todos os dias. E de descer sozinha no escorrega (MEDO!) e de já não querer dar a mão ao papá para a ajudar a escorregar. De querer andar sozinha no balouço e de se zangar quando a tentamos ajudar.

 

De brincar com os bebés, de ver o Noddy e delirar, de andar nos popós e finalmente gostar, de dar mimos à mamã, de roupa fresca...

 

De contar até 10 quando subimos as escadas, uma a uma "um, dos, tes, cato, tinco, teis, tete, oto, novi, dez".

 

De todos os dias dizer palavras novas e já algumas pequenas frases. "Tesa gota", "Dexa mamã", "Ai, ai, ai, ai", "Puxa mamã, puxa", "mamã pá xala".

 

De fazer xixi no" baxio", às vezes, e de bater palmas no fim mesmo quando não faz.

 

De "dá a mão mamã" e de nos levar para onde ela quer, fazer o que ela quer.

 

De andar de "cadeia" atrás e de "xenta", levanta, centenas de vezes.

 

De "ajudar" a mamã e delirar: pôr a roupa na máquina, deitar as fraldas no lixo, colocar as almofadas em cima da cama.

 

De se deitar em cima da nossa cama e fazer de conta que está a "facher oó" e de dizer "já tá" e ficar aflita quando eu não abro os olhos logo.

 

De ter consulta dos 18 meses, de chorar desde que entrou até que saiu, e de aumentar de percentil.

 

De querer "achan" (maçã) a toda a hora e de chamar "achan" a todas as frutas.

 

De falar, e falar, e falar, e rir, e rir, e correr, e correr, e correr, e choramingar, também, às vezes, que isto de se ser pequeno tem desses momentos. De não parar, de ter uma energia inesgotável.

 

De ser assim, alegre e feliz, e de me fazer tão feliz!

publicado por pipocateresa às 21:57 | comentar | favorito