Há momentos...

Muitos

Em que olho para ti e sinto que é impossível gostar-se assim

Em que olho para ti e sinto que não há ninguém mais doce do que tu

Há momentos

Em que enches a minha alma com um gesto

Há momentos

Em que és perfeita

Simplesmente isso

perfeita

É isso exactamente que sinto

Porque não podias ser mais doce do que és

mais simpática do que és

mais alegre do que és

Mais risonha, brincalhona

feliz

Há momentos assim

muitos

tantos

publicado por pipocateresa às 21:59 | comentar | favorito