Coisas de natação

A Teresa queria ir para a natação. Não sei se já falei aqui sobre isto, mas penso que sim.

Queria. Os amigos da sala vão e depois era chato ser a única a ficar. Isto porque vai com a escola.

Nos primeiros tempso toda ela era alegria no dia da natação. E porque ia na carrinha. E porque dava mergulhos. E porque nadava de costas...

E porque...

Depois... há sempre um depois... Veio a conversa "Não quero ir à natação".

Um dia, dois dias, três dias.

Ficou meio constipada, e houve duas semanas seguidas que não foi. Pensei "vai ficar aborrecida pelo facto de os amigos irem e por isso vai deixar de fazer a conversa".

Mas não.

E hoje, dois meses depois do início da conversa "eu não quero ir à natação", deixou de ir à natação.

Sinto que não tenho que e que nem devo insistir. Temos que saber ouvir os nossos meninos e quando a conversa persiste (porque às vezes hoje querem e amanhã não) aceitar e respeitar. E foi o que disse hoje no infantário.

E sabem uma coisa? Sinto-me bem!

 

P.S. O computador "pifou" e, por isso, não tenho tido como escrever as novidades do reino da pipoca. Já se encontra "recuperado"!.

publicado por pipocateresa às 13:50 | comentar | favorito