Coisas sobre a escola #1

Estamos no final do 1.º período. Como é possível? Os receios iniciais foram-se desvanecendo como o nevoeiro matinal nas praias do norte.

 

A adaptação correu muito bem. A Teresa é uma criança muito sociável, muito faladora e alegre, pelo que facilmente começou a fazer novos amigos. Rapidamente comecei a ouvir chamar Teresa dos quatro cantos da escola, e de várias bocas, dos mais novos, aos mais velhos. Essa parte, sem dúvida, foi superada com total distinção. 

 

As novas regras, os novos horários, as novas atividades, tudo vem, também, entrando na rotina. No início fazia-me confusão a "ligação" entre as atividades. "O que fará entre a aula e o almoço?", "Quem os acompanha?", "Quem os orienta?", "E entre o final das aulas e as AEC?", "E na piscina? Quem veste e despe?"... Enfim, eram mil as dúvidas e os receios e, confesso, nas primeiras semanas, sobretudo na primeira, o coração de mãe andou bem apertadinho.

 

A aprendizagem também está a correr bem. A Teresa gosta de aprender, faz os trabalhos de casa com desenvoltura, apesar de não o fazer com a perfeição e o cuidado que eu gostaria. O lema é sempre fazer depressa, utilizando para tal as velhas estratégias que todos conhecemos: como escrever 3 ou 4 letras por linha, onde caberiam 7 ou 8 letras, para fazer menos... É uma espertahona!!

 

O comportamento anda diferente e, infelizmente, não é para melhor. Anda refilona e respondona, o que associamos à escola, visto que antes não o fazia. Ficamos tristes, por vezes, com certas respostas que dá, porque nem parece a nossa princesa sempre doce e meiga e sempre com receio de nos magoar. A turma é muito agitada e esse é um dos aspectos que não estou a gostar. São muito agitados e há 3 elementos que são mesmo muito complicados... Enfim, temos que andar atentos e ir corrigindo estes comportamentos, na esperança de que vão melhorando.

 

publicado por pipocateresa às 21:36 | comentar | favorito