01
Jun 10

Dia da criança

 

Temos andado desaparecidas mas não esquecidas deste nosso cantinho. De facto, o trabalho tem sido mais do que muito e não tenho tido tempo nem para escrever nem para ler os cantinhos que acompanho.

 

Hoje tivemos um convívio da escolinha da Teresa por ser dia da criança mas também pelo facto do final do ano se estar a aproximar. Fomos passear no Choupal, lanchámos e fizemos uns jogos engraçados. Nós participámos na corrida de sacos e o papá como já sabe como eu sou disse logo: "tu vê lá que isto é para brincar". Nem me esforcei muito, a sério, até abrandei um bocado quando me apercebi que a distância entre mim e as outras mamãs já era mais do que muita... Mas ganhei pronto! lol Não queria.... mas ganhei... hihihi

 

A Teresa portou-se bem. Mas cada vez mais é notório que as confusões não a deixam à vontade e que quando vê muita gente se fecha um bocado. É até um bocadinho antipática... lol. As pessoas metem-se com ela e a boa da Teresa vá de pôr a tromba.º 10 e dali não sai nada, nem palavras nem sorriso, nada. Pelos vistos sai a mim... Não é raro ouvir coisas do género "não tinha nada esta ideia de ti, achava mesmo que eras emproada, arrogante, antipática, etc, etc". Até o meu marido no dia em que me conheceu ficou com essa ideia da minha pessoa e já nós namorávamos e os amigos dele continuavam a comentar que eu tinha cara de poucos amigos.... Enfim... esperemos que a pequena seja assim apenas nas primeiras impressões. Porque, de facto, em família é a alegria em pessoa, sempre a rir, super brincalhona, divertida, uma bem disposta.

 

Na escola começou o desfralde mais a sério e agora assim que chega tiram-lhe a fralda, cololcam-na de cuecas e assim anda. Por enquanto tem corrido bem, só fez uma vez xixi nas cuecas. Em casa é para dar seguimento a esta questão e já quinta-feira.... MEDO. Tenho que começar também em casa a incentivá-la porque ela connosco não quer fazer no bacio... Por isso, tenho que insistir, não pode andar a criar hábitos na escola que não têm continuidade em casa.

 

Quanto a falar... pois já diz tudo, tudo, e repete tudo e o que não sabe o que é sai logo com um "quem é?"... Diz muitas palavras mesmo, mas frases ainda faz poucas.

 

E é assim que estamos... Até breve!

publicado por pipocateresa às 21:00 | comentar | ver comentários (5) | favorito
17
Mai 10

E o sol já brilha!

 

E depois das nuvens marotas que por aqui andaram, o sol voltou a brilhar! Ainda com umas tosses marotas, mas melhor.

 

O fim de semana foi por casa para ver se os bichinhos morriam de vez. Mas correu bem! Notei nestes dias que ficámos por casa que a minha princesa está diferente, mais crescida. Concentra-se durante mais tempo a fazer alguma coisa e já gosta de desenvolver actividades sozinha, como pintar ou tocar no piano. A cabeça está sempre cheia de música e não é raro apanhá-la a fazer alguma coisa e, distraidamente, a trautear qualquer coisa, como "cu cu, aí tá tu...", ou "uneca, xim, xim" (tenho uma boneca assim, assim...).

 

Esteve sempre bem disposta com excepção de ontem. Ontem deu-lhe o mau feitio todo! Jasus!!!! De fugir! :)

 

Anda a comer mal, também, vamos ver se com o início da semana melhora o apetite!

publicado por pipocateresa às 10:11 | comentar | ver comentários (3) | favorito
tags:
12
Mai 10

Vírus ao ataque

Estamos em casa, a redobrar os mimos, a reforçar o colo, a triplicar as brincadeiras, sim porque isto de ser atacado por um vírus malandro que sobe a temperatura (por enquanto apenas isso) a isso obriga!

Voltamos em breve...

publicado por pipocateresa às 11:20 | comentar | ver comentários (3) | favorito
10
Mai 10

Viva.............

A mãe resmunga "Mas hoje não há telejornal????? É só benfica????"

O pai vai para o escritório para não ver televisão.

A Teresa vidrada na televisão começa aos pulos a gritar "Viva, viva, viva"!!! Filmei e tudo, foi digno de se ver. Esteve assim aí uns 10 minutos.

 

Teresa, tu põe-te em ordem miúda que ou és verde, como a mamã, ou azul, como o papá, não há outras alternativas, ok?????

 

:) :)

(e parabéns aos vermelhucos que por aí andam!)

publicado por pipocateresa às 09:49 | comentar | ver comentários (3) | favorito
tags:
06
Mai 10

19 meses

Chegámos aos 19 meses.

 

Este foi um mês...

 

De sol, de passeios, de "baloichos" ao final do dia, todos os dias. E de descer sozinha no escorrega (MEDO!) e de já não querer dar a mão ao papá para a ajudar a escorregar. De querer andar sozinha no balouço e de se zangar quando a tentamos ajudar.

 

De brincar com os bebés, de ver o Noddy e delirar, de andar nos popós e finalmente gostar, de dar mimos à mamã, de roupa fresca...

 

De contar até 10 quando subimos as escadas, uma a uma "um, dos, tes, cato, tinco, teis, tete, oto, novi, dez".

 

De todos os dias dizer palavras novas e já algumas pequenas frases. "Tesa gota", "Dexa mamã", "Ai, ai, ai, ai", "Puxa mamã, puxa", "mamã pá xala".

 

De fazer xixi no" baxio", às vezes, e de bater palmas no fim mesmo quando não faz.

 

De "dá a mão mamã" e de nos levar para onde ela quer, fazer o que ela quer.

 

De andar de "cadeia" atrás e de "xenta", levanta, centenas de vezes.

 

De "ajudar" a mamã e delirar: pôr a roupa na máquina, deitar as fraldas no lixo, colocar as almofadas em cima da cama.

 

De se deitar em cima da nossa cama e fazer de conta que está a "facher oó" e de dizer "já tá" e ficar aflita quando eu não abro os olhos logo.

 

De ter consulta dos 18 meses, de chorar desde que entrou até que saiu, e de aumentar de percentil.

 

De querer "achan" (maçã) a toda a hora e de chamar "achan" a todas as frutas.

 

De falar, e falar, e falar, e rir, e rir, e correr, e correr, e correr, e choramingar, também, às vezes, que isto de se ser pequeno tem desses momentos. De não parar, de ter uma energia inesgotável.

 

De ser assim, alegre e feliz, e de me fazer tão feliz!

publicado por pipocateresa às 21:57 | comentar | ver comentários (7) | favorito