29
Ago 10

Zoo de Montemor e balanço

E hoje para terminar as férias demos um belo passeio: Zoo de Montemor. Vale muito, mesmo muito a pena. É enorme e tem imensos animais, desde macacos, a cangurus, a tigres, e zebras, araras, cisnes e bambis... E estão todos muito bem cuidados. O percurso completo demorou 2 horas e, no final, já estávamos a acelerar. A Teresa adorou o passeio, pulou e saltou. Com toda a excitação ainda caiu e esfolou o joelho, com direito a uma feridinha e tudo.

E com este último passeio chegam ao fim as férias... É mesmo verdade!

 

E amanhã a Teresa que chega ao infantário é, sem dúvida, uma menina mais crescida (e mais mimada........ ainda........). Cresceu imenso a minha princesa nestas 5 semanas.

- O xixi e o cocó já são no bacio e à noite já não há fraldas.

- O vocabulário sofreu um enoooooorme boom. De repente, passou a dizer "tudo". Percebe muito bem o que lhe dizemos e tem pequenas conversas. Conjuga os verbos, utiliza o "eu" quando se refere a ela (antes dizia sempre a teresa isto e a teresa aquilo, continua a dizer também, mas também diz eu isto e eu aquilo) e aplica o feminino e o masculino. Diz "eu conxigo", ou "eu xei". Tem saídos do melhor que há, como no outro dia em que estávamos as 2 no centro comercial e entrei numa loja de roupa, para ir buscar o catálogo da nova estação. Entretanto, vi um vestido giro e parei, toquei nele e vira-se a piqui e diz alto "mamã, não mexe!!!". A empregada fartou-se de rir. Ou por exemplo, na fila do continente vira-se para mim e diz "mamã, deixa paxar a senhoia", lol, e eu oh teresa nós estamos na fila, "oh mamã a senhoia quei paxai".

- Tem um humor do melhor que há e é muito gozona. Agora anda com o vício de gozar com as músicas. Por exemplo, o olha a bola manel, como percebe que a música é triste porque a bola foge e o manel fica sem ela, canta-o a arrastar a voz como um murmúrio, como se estivesse a lamuriar. Com o caracol caracolinho é a mesma coisa. Agora anda com o vício de me chamar "momo" e depois ri-se que nem uma perdida. E no outro dia descobriu, sozinha, como se faz figas (onde é que foi buscar isto????) e mostrava-nos os dedos cruzados e ria, ria, e nós também, pois então, com a palhaça de serviço.

- É muito empática. Se vê alguém chorar fica aflita e se um de nós se ri ela também se ri.

- Já conseguimos negociar com ela. Por exemplo, "a Teresa vai papar uvas, mas primeiro vamos comer a xixa toda, pode ser?" e ela come a carne e depois vira-se "agora as uvas poi xer?". Vamos passear mas primeiro vamos arrumar os brinquedos, etc, etc.

- Continua a adorar música, de grandes e de pequenos. Vê um clip de música até ao fim e depois de o ouvir uma/duas vezes já acompanha a música. As dela apanha as letras num ápice salta de música em música, acompanhando sempre a mudança na sonoridade (bate a mamã aos pontos). Delicio-me com ela aos pulos a dizer "beijos, beijos de quimó". lol

- A brincadeira do momento é pintar. Adora!

- Gosta de livros, sobretudo se tiverem animais.

- Quer fazer tudo sozinha, o que enfim, às vezes é assim meio aborrecido...

 

Está assim a nossa menina. E há sempre tanto para contar que assim que publico um post lembro-me do tudo o que me faltou dizer. :)

Quase a fazer 2 anos...

 

E amanhã...... veremos.....

publicado por pipocateresa às 21:42 | comentar | ver comentários (4) | favorito
27
Ago 10

Portugal dos Pequenitos: o regresso

Adorei regressar ao sítio onde me apaixonei por Coimbra. Tinha 10 anos (mais coisa menos coisa) e fui com os meus pais e irmãs ao sítio que enchia os nossos sonhos (já lá tinha ido com 6, mas lembrava-me de poucas coisas). Gostámos imenso mas o que me deixou mesmo estarrecida foi a vista sobre Coimbra. Sei que a partir daí nunca mais esqueci aquela vista, e sempre disse que Coimbra era a cidade onde queria morar e aqui estou.

 

A Teresa adorou o nosso passeio. No início ainda não estava encantada e o que a atraiu mais foram estas frutas gigantes e não as coisas pequeninas.

 

 

Entretanto, quando entrámos na parte das casinhas, foi a loucura!!!!!! Entrava e saia, abria e fechava portas, subia e descia escadas e "já vi eta" e "vamo aqueia" e não parava.

 

E depois, já perto do fim, descobriu uma mini fonte na parte da universidade (a que mais gostei, e a sala dos capelos tão linda!!!!) e o difícil mesmo foi convencê-la a sair de lá. Sim, porque, de repente, já molhava pernas e tudo.

 

E com este passeio chegamos ao meu último dia de férias... Agora férias, férias, só daqui a um ano. Entretanto, há que gozar os feriados e fins de semana. Sim porque adoro começar a trabalhar já a pensar onde vou a seguir... hihihi

:)

publicado por pipocateresa às 13:46 | comentar | ver comentários (3) | favorito
26
Ago 10

No more, no more, no more, no more

E parece que acabou mesmo o tempo das fraldas. Durante um dia já não usa fralda há um mês e à noite já lá vai mais de uma semana. Dorme directo, sem fazer xixi durante a noite. Como desde que lhe tirámos a fralda de dia, nunca mais fez de noite, decidimos tirar. Hoje às 5 da manhã pediu para fazer xixi, foi a primeira vez. Até ficámos aparvalhados porque já não estamos habituados a acordar durante a noite e depois tivemos imensa dificuldade a adormecer... Pelos vistos quando tem vontade pede, pelo que não é necessário que nos levantemos durante a noite a perguntar se ela quer.

 

Mais uma etapa!

publicado por pipocateresa às 08:42 | comentar | ver comentários (1) | favorito
23
Ago 10

Agora a 2, no feminino

Agora somos duas. O papá regressou hoje ao trabalho, mas fez-nos companhia ao almoço. Trabalhar onde se vive tem destas vantagens (infelizmente não posso dizer o mesmo).

 

Eu só começo para a semana.

 

Fomos passear as duas e foi bom!! Muito bom!

 

Nos últimos dias de férias os passeios continuaram. Fomos às piscinas naturais da Serra da Lousã, fomos a Fátima, a São Pedro do Moel (a voltar, sem dúvida, para um fim-de-semana tranquilo).

 

Passeio é música para os ouvidos da mais pequena e estou para ver quando perceber que a escola existe, é real, e volta já para a semana...

:)

publicado por pipocateresa às 13:59 | comentar | ver comentários (3) | favorito
20
Ago 10

Mosteiro de Santa Clara a Velha

Foi ontem. Eram 9.30 quando chegámos ao mosteiro. Só abria às 10. Fomos tomar um café e comer uma nata (actividade obrigatória de férias) perto da quinta das lágrimas. Voltámos às 10. Visitámos o mosteiro com a Teresa sempre no carrinho. O monumento é muito bonito, fizeram uma recuperação fantástica. Mas o espaço ainda está melhor. Super bem enquadrado na cidade e com uma vista soberba. Enquanto passeávamos passou um cão por nós. A Teresa logo "cão, cão, cão". Atrás vinha o (penso eu) responsável do espaço que disse "o cão vai já sair é do cozinheiro". E nós comentámos "do cozinheiro"... Chegámos mesmo ao mosteiro e deparámo-nos com umas filmagens. No meio do mosteiro alguém vestido de monge. Quando tirou o "chapéu" (não me lembro como se chama) tinha um turbante na cabeça: Chakall!! O cozinheiro era ele, portanto. Filmavam para um programa dele.

 

No fim ainda demos um passeio até ao Parque verde, onde nos sentámos à beira rio, com a Teresa a dormir uma soneca à sombra. Uma delícia!

publicado por pipocateresa às 13:39 | comentar | ver comentários (4) | favorito
18
Ago 10

Teza faz, Teza conxega

Aqui em casa tudo é "teza faz mamã". Vamos vestir Teresa?, "xim mamã, teza vete". Teresa vamos papar, "teza dá mamã, teza dá". Limpar o rabinho "teza conxegue, teza conxegue". Só em último caso, ouvimos um "ajuda".

 

Pois hoje a "teza faz, teza conxegue" subiu as escadas todas do quebra-costas. No início da rampa, para quem conhece no arco almedina, peguei nela ao colo e ela logo "chão mamã chão". O pai vira-se e diz "deixa-a ir para o chão que ela já se cansa"................... Hmmm, pois não, não se cansou. Foi escada a escada até lá acima, bufava que se fartava, mas toca de subir degrau a degrau, com as mãos na escada claro.

 

(enquanto escrevo este post, está ali a tentar vestir umas cuecas, já cansada pede ajuda, mas não deixa ajudar e por fim consegue vestir uma perna das cuecas...)

 

publicado por pipocateresa às 15:49 | comentar | ver comentários (3) | favorito
17
Ago 10

Parque biológico da Serra da Lousã

Saímos de Coimbra por volta das 16.00 e pouco antes das 16.30 chegámos a Miranda, onde fica o parque. Vale a pena! Tem imensos animais, desde esquilos, a alces e veados, a raposas, lontras e javalis, muitos e diversos. Gostámos imenso! A Teresa apaixonou-se com os esquilos. Pulava, e pulava quando eles se aproximavam da rede da gaiola e até os dedos já metia nos buracos da rede... No regresso ainda comemos um gelado num jardim que existe no centro de Miranda. :)

publicado por pipocateresa às 22:20 | comentar | ver comentários (3) | favorito
16
Ago 10

"Aterrámos" em Coimbra...

Ao final da tarde... E agora temos mais uma semana de férias em terreno conimbricence.

 

A Teresa adorou as férias em terras do sotavento. Praia de manhã, piscina à tarde... O sonho para ela! Eu que até nem estava a pensar levá-la para a natação, já ando a ponderar a hipótese. É que ela adora mesmo água!! E fartou-se de brincar com a prima R. que está tão crescida e engraçada!! E a mais pequena??? Linda!!! Só quer mama, mesmo! É de tal maneira que começou no P50 e já está no P95!!!!

 

E no regresso passámos em Lisboa, pelo Oceanário. Eu achava que ela iria gostar e que já aproveitava alguma coisa... Estava, no entanto, com receio porque teríamos que ir à hora da sesta dela e, como tal, poderia ficar impertinente... Adorou!! Apontava para os peixes que nem uma doida, o aquário central foi a perdição total, só queria ficar sentada a olhar e a apontar, "e ete, e aquele, ah mamã outo", e ria que nem uma perdida. O preferido, o da imagem, o gigante peixe-lua!!

 

E ela está tão crescida, tão faladora, tão engraçada e tem um humor espectacular. E estas férias estão a fazer-lhe tão bem (e a nós!!!) que não queria que terminassem nos próximos tempos...

publicado por pipocateresa às 22:35 | comentar | ver comentários (3) | favorito
10
Ago 10

Luz

A primeira parte das férias no Algarve foram na Luz e já terminaram. Fomos todas as manhãs para a praia e apanhámos um tempo magnífico. Ao final da tarde, após a sesta da Teresa, optávamos pela piscina ou por um passeio.

Sobre a Teresa e a água só posso dizer o seguinte: pensava que tinha uma filha mas afinal tenho um peixe. É simplesmente doida por água. Ninguém a segura…. No mar é vê-la a correr atrás das ondas e a enfiar a cabeça dentro de água a cada oportunidade. Na piscina é um perigo porque atira-se, literalmente, para dentro de água. Uma doida!!!!

 

Nos primeiros dias a Teresa ainda andava meio constipada e por isso não dormiu muito bem devido à tosse. E depois no segundo dia apanhámos um susto daqueles. Durante a tarde apareceram-lhe umas borbulhas tipo picada de mosquito. Á noite não sossegava e só se coçava e seu acendi a luz para lhe colocar fenistil nas picadas que tinha………….. Levanto-lhe a blusa e… um susto!!!!! Toda ela eram picadas, estava tudo vermelhão e ela coitadinha só se coçava. Ligámos para a saúde 24 que, para não variar, não disseram nada de jeito a não ser para ficarmos com ela em casa visto que estava bem disposta (o que já tínhamos pensado fazer) e para colocarmos fenistil (o que já tínhamos feito). Lá se conseguiu deixar dormir novamente de manhã quando acordou já não tinha nada, nem uma borbulha…. Continuo sem saber o que aconteceu, mas só posso dizer que foi um grande susto.

 

A Teresa andou sempre feliz e bem disposta e, ao mesmo tempo, teimosa. A prima mais velha tem 7 anos e também estava conosco e brincaram as duas bastante. Desde que ficou doente que anda a comer um bocado mal e tem que ser um teatro para ela comer, coisa que antes não acontecia, porque simplesmente sentava-se e comia. Isto de andar fora muito tempo baralha-a um bocado e apesar de mantermos mais ou menos as mesmas regras e horários, a verdade é que muda todo o contexto e as pessoas com quem está.

 

Quanto ao desfralde diurno, está concluído. Só usa fralda na sesta  (que tirarei em breve porque está sempre seca) e à noite. Durante a semana houve também algumas peripécias porque não queria fazer nem no bacio nem na sanita… Pedia para fazer “xixi” e depois não queria fazer. Com o cocó a mesma coisa. Tinha vontade e depois não fazia. Passou 3 dias sem fazer cocó e chegou a fazer apenas 3 vezes xixi ao longo de um dia inteiro. Até lhe cheguei a colocar fralda para ver se assim fazia, mas nada. A verdade é que já conheceu mais casas de banho em duas semanas do que em toda a sua vida, por isso não será de estranhar…

 

Agora estamos a sul, mas no sotavento. E amanhã faço 30…. 30 anos. :)

publicado por pipocateresa às 15:29 | comentar | ver comentários (4) | favorito