21
Set 14

Conversas de Teresa#7

Estávamos a ver o alta definição especial. No ecran a Rita Guerra chorava devido à morte da mãe.

Teresa: Esta senhora não parece mas já deve ser muito velhinha.

         Eu: Mas porquê Teresa?

Teresa: Olha porque a mamã dela já morreu...

 

 

 

 

publicado por pipocateresa às 22:19 | comentar | ver comentários (1) | favorito

Passo a passo

Depois de fazer os trabalhos de casa, quis fazer mais duas tarefas. Desde ontem que me pedia para a deixar mas só esta tarde conseguimos ter tempo:

- fazer um postal para a prima R.;

- fazer um postal para a Professora (o postal tem dois corações desenhados...).

 

 

publicado por pipocateresa às 22:14 | comentar | favorito
17
Set 14

Coisas de cabeça distraída

1.º dia: deixou o casaco azul na escola

 

2.º dia: deixou o casaco de ganga na escola

 

3.º dia: entrei na escola e estava a t-shirt da Teresa pendurada no bengaleiro do atrium... A porta da sala estava ainda fechada pelo que aguardei com expetativa a resposta para a questão que me pairava na cabeça: "o que terá ela vestido??". Abriu-se a porta e lá estava a Teresa com um casaco emprestado... Tinha-se molhada toda ao almoço...

publicado por pipocateresa às 20:52 | comentar | ver comentários (1) | favorito
15
Set 14

Hoje é o primeiro dia...

... de um longo percurso escolar.

O dia amanheceu ventoso e outonal. O galito cá de casa acordou à hora do costume (6.30) e fomos tomar o pequeno-almoço. A Teresa tranquila, ou pelo menos, assim o aparentou sempre. Conversámos sobre o dia, ou seja, estivemos a explicar como iria decorrer, chamámos a atenção para alguns aspectos, para alguns cuidados. 

 

Entretanto eu tive que sair porque entrava mais cedo e ficaram os dois com o pai. Primeira paragem foi no infantário do joão e depois de deixarem o reguilita seguiram para a escola da teresa. Na primeira semana os pais podem entrar e deixar os meninos mesmo dentro da sala. O Humberto entrou com ela e sentou-a na primeira fila porque foi um dos primeiros a chegar. Entretanto, ainda ficou lá uns bons minutos enquanto os outros pais iam chegando.

 

Entretanto, disse à Professora que ela ficaria para as AEC e que iria almoçar e lanchar. Eu optei por inscrever a Teresa nos dois lanches, sendo que o da manhã tem um custo de 0.18 cêntimos e do da tarde de 0.50. 

 

Às 4 o pai foi buscá-la, ou seja, acabou por não ficar para as AEC. Veio cheia de histórias para contar, entusiasmada e feliz. 

 

Hoje o coração de mãe está um pouco mais descansado...

publicado por pipocateresa às 20:47 | comentar | ver comentários (3) | favorito
12
Set 14

Novo ciclo

Hoje iniciou um novo ciclo. E com esta nova etapa, o nó no estômago inevitável instalou-se. Até que tudo comece a entrar dentro de uma rotina relativamente controlável, serão dias/semanas de alguma falta de descanso, de alguma ansidedade, de pensar durante o dia "estará bem? terá comido bem? estará a sentir-se sozinha? ou triste? ou perdida?". De tudo o que representa ser mãe, nada há que me deixe mais insegura/desconfortável do que esta linha que separa o deixá-los voar e o protegê-los, o deixá-los ir e o segurá-los. 

 

Todo o dia andei com as lágrimas com vontade de verem a luz do dia. Todo o dia com aquela sensação de garganta seca, de nó no estômago, enfim, de desconforto. E a verdade é que a Teresa nem começou hoje a escola, hoje foi apenas reunião de pais, segunda começa já com a rotina normal. Mas sentimentos ao rubro à parte, racionalmente correu tudo bem. A Professora pareceu-me simpática, carinhosa com os miúdos. Durante a próxima semana poderemos entrar a deixar os meninos na sala, o que é algo que me tranquiliza, até porque a Teresa ainda não foi à escola. Ela tem estado a passar férias com a avó na praia e depois de ter falado com a Professora, decidi que não a iria buscar antes do fim de semana (até porque seria muito complicado em termos de logística). Na altura aborreceu-me bastante a situação, mas de facto foi uma boa decisão porque os meninos não tiveram mais do que 10 minutos na sala. Foram brincar para a rua, enquanto os pais reuniram para falar sobre as regras de funcionamento.

 

A escola pareceu-me bem organizada e o sistema de apoio aos pais (almoços, AEC, etc) também me pareceu funcionar bem, visto que na segunda começa tudo a funcionar, enquanto noutros sítios que conheço as AEC, por exemplo, só começam no final do mês. A Teresa em princípio não ficará na escola depois das AEC, as quais terminam às 17.30. Entra todos os dias às 9.00 e sairá, então a essa hora.

 

A Professora recebe os pais uma vez por mês, mas mostrou-se recetiva a fazê-lo fora deste horário. Entregou a lista de material que já adquiri e que não achei caro (+- 20 euros). 

 

Não fiquei encantada, confesso, mas também não me pareceu mal... O tempo dirá se foi uma boa segunda escolha (já que não entrou na primeira)... E espero que diga que sim. 

:/

publicado por pipocateresa às 20:58 | comentar | ver comentários (2) | favorito
01
Set 14

O nosso verão

Verão aqui por casa é sinal de férias. Férias alargadas porque, felizmente, conseguimos estar fora todo o mês de agosto. 

 

E como férias rima com Algarve...

 

10 dias num paraíso chamado Luz

 

 

 

 

quase 15 dias num paraíso chamado Ria Formosa

 

 

 

 

 

Férias é ter tempo para estar, para ficar demoradamente, para mimar, para sorrir e amar mais. É tempo de brincar, é tempo de nos preocuparmos apenas com o que vamos brincar a seguir, ou com o local do próximo passeio. Para nós é tempo de estar com a família alargada, com tias, primas e avós. 

Férias também é tempo de regressar. O regresso este ano faz-se com um certo receio do desconhecido, com o coração menos descansado, mas com a certeza de que tudo se irá resolver. Afinal sempre se resolve.

 

Estamos de volta. 

 

publicado por pipocateresa às 13:56 | comentar | ver comentários (2) | favorito
27
Jun 14

Wedding day

 

 

 

publicado por pipocateresa às 22:19 | comentar | ver comentários (2) | favorito
15
Jun 14

Bailarina

publicado por pipocateresa às 21:49 | comentar | ver comentários (2) | favorito
tags: ,

Manos

publicado por pipocateresa às 21:46 | comentar | ver comentários (2) | favorito
11
Jun 14

Chegou a hora do adeus #2

E com ele é tempo de agraceder. Foi em forma de email o nosso agradecimento e deixo aqui para recordar...

 

"

Quando pela primeira vez visitámos Os ######, em maio de 2008, a Teresa ainda estava aconchegada no seu T0. Os ##### eram um edifício na fase final de construção mas onde já era claro o cuidado nos pormenores, o conhecimento e a paixão. Tínhamos visitado dois infantários e já não visitámos mais nenhum. Obrigada Mónica porque o seu brilho nos olhos e o carinho com que falou do projeto nos conquistou naquele primeiro encontro, e sem ter qualquer referência anterior, seguimos o nosso coração e fizemos a pré-inscrição da Teresa. Obrigada porque sabe escolher pessoas e as pessoas são a alma de qualquer organização. Obrigada também pela presença de todos os dias, pelo interesse, dedicação e carinho pelos nossos meninos.

Voltámos aos Pimentinhas em janeiro de 2009, com uma grande ansiedade no coração. É impossível esquecer o sorriso com que todos os dias a Joana nos recebeu. Obrigada Joana, por todos os mimos e pela sua alegria contagiante. Obrigada Fátima pela confiança que nos transmitiu naqueles primeiros tempos e pelo carinho.

Em setembro de 2009 a Teresa conheceu a Rita, com quem está até hoje. Não há palavras para agradecer tudo o que deu aos nossos meninos. Não há palavras que possam transmitir a admiração e reconhecimento que sentimos por si e pelo seu trabalho. Resta-nos agradecer. Obrigada do fundo do coração por ter sido nosso braço direito nesta tarefa que é educar a Teresa. Reconhecemo-nos totalmente na sua forma de educar. Obrigada pela sua energia (inesgotável), carinho, amor, atenção, regras, por todas as atividades, aprendizagens (desde o xixi no bacio às letras e números). Obrigada por tudo!

Obrigada também à Ana F. porque mima como ninguém, pela atenção, cuidado e por ter sempre a palavra e atitude certa. Obrigada à Céu pela doçura, calma e tranquilidade com que acarinha os nossos meninos.

Obrigada a toda a equipa, porque com os vossos sorrisos e simpatia fazem-nos acreditar que entrámos no País das Maravilhas, quando chegamos aos ######.

Foram 5 anos perfeitos e isso penso que diz tudo!
Serão com certeza mais 4 ou 5 anos e estou certa que nessa altura o nosso sentimento de gratidão será igualado (desta vez o desafio é maior :) )

Bem haja a todos!

P.S. Pedia o favor de transmitirem a nossa gratidão à restante equipa referida. "

 

 

publicado por pipocateresa às 22:41 | comentar | ver comentários (1) | favorito
tags: ,