22
Jun 13

Final do dia

Quando a birra do fim do dia bate à porta. 

Música.

Luísa Sobral. Pink. Deolinda. Pearl Jam.

Zambujo...

Música.

Aqui em casa é a cura de quase todos os "males".

publicado por pipocateresa às 21:45 | comentar | ver comentários (1) | favorito
26
Fev 13

Mãe musical... ou não...

A caminho da escola íamos cantando músicas como tantas vezes fazemos. A dada altura: "mamã não estás a cantar no meu tom". E o pior (ou melhor)...... ela é que estava no tom. :)

publicado por pipocateresa às 14:29 | comentar | ver comentários (3) | favorito
06
Fev 13

Vai ser músico!

 

É esta a visão que tenho aqui do computador. Sentada no sofá, música a embalar no iphone e um João zen. O João ADORA música. Está mal disposto, música com ele... está bem disposto, música com ele... está aborrecido, música com ele... está feliz, música com ele... acordou, música com ele... está com sono, música com ele... E não, não estou a exagerar. Música, música, música. É claro que eu tenho a "culpa" porque sou eu que lhe dou música, mas a forma como ele reage é impressionante. A irmã já sabe: se o ouve a rabujar, a primeira coisa que faz é começar a cantar, e ele? Cala-se. E já tem as suas preferências. Ainda não lhe consegui cantar uma música do Luís Represas, lol, é verdade, começa a ouvir e resmunga logo. Mas se for Sérgio Godinho, Jorge Palma ou Rui Veloso, sim, gosta e conhece várias. A "bombar" no iphone gosta do Bublé, do António Zambujo, da Carminho. Claro que também gosta de músicas infantis e delira com o "Baile de Verão", esse grande hit nacional, que dá no final do Preço Certo, mesmo antes do jornal da noite, momento em que estamos a jantar, enquanto ele fica sentado na cadeira (não muito sossegado, verdade seja dita, que resmunga por atenção o tempo quase todo).

publicado por pipocateresa às 14:40 | comentar | ver comentários (2) | favorito
21
Mar 11

Coisas de missas...

Neste fim de semana, que foi perfeito, a Teresa iniciou a sua vida de cristã praticante. lol Foi pela primeira vez à missa!!!Toda a semana falou na missa que queria ir à missa e missa para cá e missa para lá. No Domingo de manhã enquanto nos despachávamos para ir à missa (ela ficaria na casa da tia) eu viro-me para o pai e digo "hoje vai connosco!". Ela ficou eléctrica, e a minha filha é boa a demonstrar emoções: toda ela saltava de alegria!

 

Antes de chegarmos, expliquei-lhe que tinha que ficar caladinha e sossegada (hã hã) e que tinha que sussurrar se quisesse dizer alguma coisa. Ela ia toda animada como quem vai para a festa e lá perguntava se havia música e eu que sim que havia. Chegámos, sentou-se ao meu colo e ficou logo aflita porque a prima foi para a fila da frente (é a missa das crianças e os primeiros bandos ficam para eles) e ela não.... Mas sossegou. O cântico de entrada começa e ela muito atenta. Haja música que ela fica feliz! Cantarolou alguns cânticos (lol mexendo a boca, sabem como fazemos quando não sabemos a letra!!! lol lol) e foi-se mantendo sossegada, com um ou outro comentário em modo sussurro. No geral, correu bem! Foi comigo à comunhão, ficou especada em frente ao coro, mas lá veio, e depois o difícil foi voltar a sentá-la... Se já tinha ido lá para a frente porque não podia ir outravez!!! Pronto, saímos as duas e já cá fora perguntei:

Eu: Gostaste da missa Teresa?

Teresa: A Teresa não viu nada... 

Eu: Mas gostaste Teresa?

Teresa: Não mamã, foi muito chato. A Teresa não quer mais!! lol lol lol 

 

E assim que começa a (des)educação cristã!!!

publicado por pipocateresa às 14:38 | comentar | ver comentários (3) | favorito
10
Jun 10

20 meses

O post chega com atraso, mas não queria deixar de registar os 20 meses da pipoquinha. Está tão linda!! Todos os dias surge com alguma novidade. Este foi um mês de grande desenvolvimento, muitas palavras, início do bacio, alguma independência nas brincadeiras. Mas sobretudo foi o mês de começar a cantar sozinha as músicas de que ela tanto gosta: agora é ela que começa as músicas e praticamente canta até ao fim, aldrabando algumas palavras é certo, mas sempre sem sair do tom. As preferidas são o autocarro, o balão do joão, o atirei o pau ao gato, o sapo. Por exemplo, o sapo canta-o assim "Xapo, xapo, xapo, .... beia ..io, ... xapo canta, poque fio, a ona xapinha ... dento, a ... endinhas ... pa o caxamento". Tenho que gravar e colocar uma aqui porque é hilariante!!!!

 

Adora chegar ao final do dia e ir para o terraço. Vai buscar o chapéu e diz "xima", "xima", porque nós temos a ligação ao terraço dentro de casa, mais precisamente na cozinha. Brinca imenso na rua e com coisas simples, como molas e vassouras. Gosta muito de andar na rua e de passear. 

 

Este fim de semana foi a benção das pastas da tia e fomos almoçar ao restaurante. Comeu em casa, dormiu e depois de acordar é que fomos (ela come cedo e a benção termina tarde). Levei brinquedos, livros e folhas para pintar, mas como calculava não ficou sentada 15 minutos. Andou sempre em pé, deitou-se inclusivamente no chão do restaurante, não porque tivesse sono, mas porque é o que gosta de fazer em casa, e a minha filha parece aqueles meninos selvagens que não se sabem comportar fora de casa. lol. Porta-se bem, isto é, não chora nem berra, mas andamos sempre atrás dela...   

 

É muito mimoca, adora "coio", e sempre que eu ou o pai ralhamos com ela, é vê-la de mãos levantadas a pedir "coio" e só acalma com a chupeta na boca. Já diz "escupa" quando peço para pedir desculpa.

 

É um doce e tem um sorriso brilhante que enche a alma!

publicado por pipocateresa às 14:01 | comentar | ver comentários (5) | favorito
26
Abr 10

Ai eu podia dizer tanta coisa...............

Sobre este fim de semana. Mas não é fácil descrever tudo, tudinho porque foi TÃO BOOOOOMMMM!!!! Mas TÃOOOO BOOOOMMMM!!!!

 

Primeiro foi o SOOLLLL!! Lindo, brilhante, perfeito.

 

Depois uma visita surpresa dos avós (meus pais). Tanta baba, tanto mimo, tanta festa! Sessões musicais, com palmas e agradecimentos no final! hihi Tão festivaleira que me saíste miúda! E trouxeram uma bebé que gatinha, chora e fala. Simplesmente, adorou!

 

À tarde a festa de anos da amiga M.. E já lá vão 2 anos! Quando chegou à festa, tanta cara nova e desconhecida agarrou-se às minhas pernas, e choramingou um bocado. Mas depois começou aos poucos a brincar e no fim já nem se queria vir embora. E os doces maravilhosos que havia. Claro que a pequena se ficou pelas bolachas Maria e pela gelatina, mas os papás... Nham, nham.

 

No domingo, os meus pais foram para baixo (de médico a visita) logo de manhã, e comecei a preparar o almoço de domingo. Entre avó (paterna), tias/tios, e nós eramos 10. Foi churrasco à brasileira, com direito a carne com fartura, arroz, feijão e farofa, entradas com força e sobremesas qb. Estava tudo óptimo e toda a gente gostou muito. A Teresa divertiu-se imenso, estava super bem disposta e fartou-se, novamente, de cantar e dançar.

 

Escusado será dizer que hoje não queria ir para o infantário. Síndrome de Segunda-feira!

 

O fim de semana não se fez sem uns tombos valentes... A primeira vez que vi sangue, a boca cheia de sangue porque cortou o lábio. Foi mais o susto (e que susto!).

 

 

E digam lá que esta cara não diz tudo, tudo???

 

publicado por pipocateresa às 08:50 | comentar | ver comentários (3) | favorito
01
Mar 10

Nós e a música

Sempre gostei de música. De vários tipos, cantores, épocas.  Sobretudo música "positiva", música que transmite bons feelings, que nos faz ter vontade de ir para a rua dançar, de curtir uma tarde ao sol. Tenho músicas, várias, que me fazem lembrar épocas, pessoas, momentos, experiências. O H. é igual, mas muito mais culto em termos musicais do que eu. Pouco percebo de correntes e influências, gosto e ponto.

 

A Teresa herdou o gene, mas na passagem de pais para filha, o gene ganhou um novo fulgor. Pois que a cachopa passa o dia a abanar-se. Quando houve música, toda ela se mexe, mas de tal forma que até chega a cair.  Cada animal tem uma música associada, cada acontecimento tem um som. Por exemplo, se estamos a ver um livro de animais, e eu digo "aqui temos um crocodilo", aquele rabito arrebita e toca a abanar-se como quem diz "canta", e eu lá começo "o crocodilo danilo, vivia no rio Nilo", se for o sapo, tem que ser "sapo, sapo, sapo à beira do rio...". O hipopótamo, por exemplo, tem duas músicas associadas e ela quer ouvir as duas (e ai de mim se não percebo que já é hora de mudar para a segunda múdica) e que são a Popota e a música do hipopótamo bebé.  "Quando lhe digo "vamos lavar os dentes", toda ela se abanica a pedir "um copo com água, uma escova e pasta...". E até à noite, não lhe posso dizer boa noite sem cantar "está na hora da caminha, vamos lá dormir....".

 

E a única coisa triste desta vida é mesmo o sol tardar a aparecer. É que até não era mau que fosse segunda-feira (ou pelo menos tão mau) se houvesse sol, se pudesse acalentar o desejo de um passeio ao final do dia...........

 

publicado por pipocateresa às 14:04 | comentar | ver comentários (2) | favorito