31
Out 13

Tempo

O tempo é o que é. É constante. Horas, minutos, segundos...

 

Mas para mim voa, tem voado, escorre-me por entre os dedos como a areia da praia.

 

Não ter tempo para o essencial, é algo que me desespera... 

 

No meio desta falta de tempo

Tenho terminado o dia, enroscada numa manta no sofá, eu e a princesa crescida a ver uns minutos de desenhos animados.

E sem dúvida que esse tem sido O tempo, O momento do dia.

publicado por pipocateresa às 22:17 | comentar | ver comentários (1) | favorito
18
Mar 13

Hoje acordei

a pensar que a mulher emancipou-se para ser escrava.

É isso que sinto.

Escrava da culpa.

Culpa por não ter tempo suficiente para os filhos, por não os mimar o suficiente, por não estar para eles o suficiente, por não ir buscá-los suficientemente cedo à escola.

Culpa por ter que trabalhar e por trabalhar horas a mais.

Enfim, culpa.

 

(a este sentimento não deverá ser alheio o facto de ontem ter sido o último dia em que dei de mamar ao João)

publicado por pipocateresa às 11:35 | comentar | ver comentários (4) | favorito
09
Mar 13

Adaptação ao Infantário #3

Uma semana completa passada e a adaptação está feita. O João já fica bem e despede-se de mim a sorrir. Come bem a sopa da escola (no início levava a minha) e a papa. Durante o dia faz os seus soninhos que têm vindo a aumentar no que diz respeito à duração. Quando o vamos buscar fica muito feliz, mas não sinto que esteja alterado emocionalmente, ou seja, penso que em termos emocionais também se está a adaptar bem a esta nova fase. Claro que chegou a sexta com tosse (nunca tinha tido), espirros e uma conjuntivite!!! Inevitável!

 

A mamã?... Enfim, cá me vou adaptando, mas não consigo deixar de ficar supreendida com o rápido que estes 5 meses passaram... a sério! Ainda sinto muito a falta dele durante o dia e o chegar do fim de semana enche-me, completamente, de alegria. O tempo, esse malandro que me fugiu entre as mãos, há-de ser agora meu aliado!

publicado por pipocateresa às 10:26 | comentar | ver comentários (2) | favorito
03
Mar 13

Quando dormem...

 

Fico-me, muitas vezes, a olhar para eles enquanto dormem.

Deixo-me prender naquele respirar tranquilo.

 

O silêncio é imenso

 

E não há mundo para além daquele quarto. 

 

 

 

publicado por pipocateresa às 18:01 | comentar | ver comentários (3) | favorito
19
Fev 13

150 dias

São 3600 horas. São 216 000 minutos. São 12 960 000 segundos.

 

Foi este o tempo em que a minha profissão foi ver-te acordar, foi mimar-te, alimentar-te, foi limpar as tuas lágrimas, foi ver-te dar o primeiro sorriso, foi fazer-te rir, foi ver-te agarrar os primeiros bonecos, foi ouvir-te nos teus primeiros sons. A minha profissão foi dar-te a primeira papa e a primeira sopa. Foi passear contigo nos poucos dias em que fez sol. Foi proteger-te em casa nos muitos dias em que esteve chuva. Foi estar contigo e para ti.  

 

Passaram 150 dias desde o dia em que chorei de uma forma arrebatadora quando te vi chorar. Porque o amor que senti por ti foi assim. Total, arrebatador, imenso, absoluto.

 

Passaram 150 dias desde o dia em que nos começámos a conhecer. Do que gostas, do que não gostas. O que te alegra. O que te faz chorar.

 

Passaram 150 dias, 3600 horas, 216 000 minutos, 12 960 000 segundos e parece que hoje é dia 23 de setembro, são 16.11 e choras.

 

E sim, sei que virão muitos mais dias, muitas mais horas e minutos e segundos, mas hoje o que sinto é que terminaram os (só)nossos 150 dias.

publicado por pipocateresa às 10:10 | comentar | ver comentários (4) | favorito
17
Jul 12

Momentos...

O calor hoje estava impossível por estas paragens.

Apenas depois do jantar foi possível passar agum tempo no terraço.

Apeteceu-me descer e dar uma volta ao quarteirão.

Fomos as duas, de mão dada, a conversar.

15 minutos.

O melhor momento do dia. Adoro os nossos momentos, as conversas, as brincadeiras.

E, agora, por vezes dou comigo a pensar que temos que manter estes nossos momentos depois do J. nascer.

 

E por vezes começo a ter aqueles receios "será que ela vai 'sentir-se'?", "será que vai gostar do irmão?"

"vão ser amigos?"...

publicado por pipocateresa às 23:32 | comentar | ver comentários (4) | favorito
14
Mai 12

Homenagem a um grande amor

 Retirado da net

 

Amar para toda vida... amar para além a vida...

Foi assim, é assim este amor a que hoje faço uma última homenagem.

Amar na alegria e na tristeza

na saúde e na doença

todos os dias da vida

e para além da própria vida

Simplesmente

amar

 

(e este fim de semana a minha avó foi juntar-se, novamente, ao amor da sua vida. Pouco mais de 2 meses foi a distância que os separou.)

 

 

publicado por pipocateresa às 13:29 | comentar | ver comentários (6) | favorito
08
Mai 12

Dia da mãe

O dia da mãe foi agitado mas bom. Foi a festa da palavra da minha sobrinha, pelo que a avó M. e a tia Z. vieram fazer uma visita a Coimbra.

Fiz esta sobremesa do blog da minha mana mais velha que aconselho vivamente (http://cadyculinaria.blogspot.pt/) e que ficou com este aspeto.

Da minha filhota recebi estes miminhos

 

 

 E para a escolinha tínha que decorar uma flor e escrever uma dedicatória. Saiu assim...

 

publicado por pipocateresa às 10:35 | comentar | ver comentários (3) | favorito
30
Mar 12

Beijos e beijos

E agora é isto várias vezes ao dia

Beijos e beijos na barriga

E conversas com o mano

e cantar para o mano

e mais beijos na barriga

 Foto retirada da net

 

(e era tão bom que a tranquilidade e normalidade com que acolheu a notícia fossem as mesmas com que vai receber o novo elemento)

 

(e agora tenho que arranjar o novo nickname para o princípe/princesa. Se for princesa serve Pipoca, mas e se for príncipe? Tenho passado as viagens a pensar num nome giro e que, tal como pipoca, esteja relacionado com coisas  boas e doces. Pensei em bom-bom, chocolate, conguito, mas e se for branquela como a minha pipoca?? Enfim, vamos pensando)

 

 

publicado por pipocateresa às 19:50 | comentar | ver comentários (3) | favorito
27
Mar 12

Doce Teresa...

Ontem ao final da tarde fomos fazer uma pequena caminhada.

Uma parte fez ás cavalitas do pai e sempre a cantar:

"O meu pai é o meu herói...", aprendeu a música na escola para o dia do pai mas só ontem a ouvi

o pai então pergunta "Então e a mamã Teresa"

prontamente responde

"a mamã é a minha querida"

 

é engraçado como o modelo é mesmo a mamã. É do SCP como a mamã. Quer ter olhos castanhos como a mamã (ela que tem uns olhos lindos). Quando for grande quer ser mamã!! :)

bem sei que isto vai mudar, mas por agora vai enchendo o coração.

publicado por pipocateresa às 16:37 | comentar | ver comentários (3) | favorito