19
Out 10

Ao final do dia

Final de dia. Jantar terminado. Cozinha arrumada. Nós.

Time has come. Enroscas-te no meu colo e conto-te pequenas histórias. As nossas preferidas são uma colecção de cartas com imagens numa face e pequenas histórias na outra. Quase nunca leio a história. Criamos pequenas histórias, duas/três linhas que a tua excitação pela próxima história não aguenta muito mais.

 

Às vezes cantamos músicas. Aí és tu quem coordena e eu deixo-me guiar pela tua batuta... A tua cabeça é um mundo de música. Tens ritmo. Sabes as letras todas. Acompanhas as músicas com uma matraca de guizos e nunca sais do ritmo.

 

E depois vais para a cama. Ficamos os dois na sala, conversamos, namoramos. E à noite, antes de adormecermos és tu que encerras as nossas conversas. Cada um mais derretido do que o outro.

 

São mais ou menos assim os nossos finais de dia.

publicado por pipocateresa às 08:31 | comentar | ver comentários (3) | favorito
26
Abr 10

Ai eu podia dizer tanta coisa...............

Sobre este fim de semana. Mas não é fácil descrever tudo, tudinho porque foi TÃO BOOOOOMMMM!!!! Mas TÃOOOO BOOOOMMMM!!!!

 

Primeiro foi o SOOLLLL!! Lindo, brilhante, perfeito.

 

Depois uma visita surpresa dos avós (meus pais). Tanta baba, tanto mimo, tanta festa! Sessões musicais, com palmas e agradecimentos no final! hihi Tão festivaleira que me saíste miúda! E trouxeram uma bebé que gatinha, chora e fala. Simplesmente, adorou!

 

À tarde a festa de anos da amiga M.. E já lá vão 2 anos! Quando chegou à festa, tanta cara nova e desconhecida agarrou-se às minhas pernas, e choramingou um bocado. Mas depois começou aos poucos a brincar e no fim já nem se queria vir embora. E os doces maravilhosos que havia. Claro que a pequena se ficou pelas bolachas Maria e pela gelatina, mas os papás... Nham, nham.

 

No domingo, os meus pais foram para baixo (de médico a visita) logo de manhã, e comecei a preparar o almoço de domingo. Entre avó (paterna), tias/tios, e nós eramos 10. Foi churrasco à brasileira, com direito a carne com fartura, arroz, feijão e farofa, entradas com força e sobremesas qb. Estava tudo óptimo e toda a gente gostou muito. A Teresa divertiu-se imenso, estava super bem disposta e fartou-se, novamente, de cantar e dançar.

 

Escusado será dizer que hoje não queria ir para o infantário. Síndrome de Segunda-feira!

 

O fim de semana não se fez sem uns tombos valentes... A primeira vez que vi sangue, a boca cheia de sangue porque cortou o lábio. Foi mais o susto (e que susto!).

 

 

E digam lá que esta cara não diz tudo, tudo???

 

publicado por pipocateresa às 08:50 | comentar | ver comentários (3) | favorito
17
Fev 10

E o Carnaval chegou ao fim....

Estamos de regresso a Coimbra. Chegou ao fim o Carnaval. E que Carnaval molhado foi este!!! Se houve duas ou três horas de sol em 4 dias foi muito... E nós que tínhamos programado tantos passeios à beira-mar, tantas tardes ao ar livre, ficámos mesmo no quentinho de casa, aconchegados na lareira, ou aquecidos pelo ar condicionado.

 

Mas apesar do tempo pouco agradável, adorámos estes dias de paragem. E como se portou bem a Teresa! Fomos para o Algarve logo no sábado de manhã, por volta das 8. A tia I. e o tio M. foram connosco. Íamos 5 no carro. Não ferrou o olho a viagem quase toda, apenas no Algarve adormeceu cerca de 30 minutos. E veio sempre bem disposta, sempre divertida a ver os seus dvd's ou a brincarl. Uma maravilha. No regresso, que foi de tarde, correu ainda melhor: dormiu 1.30 minutos e o resto do tempo esteve sempre óptima. Yes!!!

 

E dormiu também sempre muito bem. Thank God! Porque as férias do Natal deixaram-nos de rastos pelas horas em que andámos em pé durante a noite. Desta vez, não. Dormiu sempre bem, não estranhou nem o quarto nem a cama.

 

E gostou tanto destes dias a minha bebé crescida. Sempre a rir e a brincar e a fazer travessuras. Ela e a prima R., andaram sempre juntas. A R. à frente, a Teresa atrás. O que uma queria a outra queria, o que uma fazia a outra também queria fazer, o que uma comia a outra também queria comer.

 

Noto na Teresa um desenvolvimento enorme nos últimos tempos. Mais independente. É capaz de brincar sozinha durante algum tempo. Move-se com imensa agilidade. De dia para dia diz novas palavras. É super gozona (a quem sairá???): peço-lhe para dizer onde está a cabeça, aponta para a barriga e ri-se toda maluca, depois os olhos são na barriga, e os pés na cabeça. Muitas vezes aponta bem claro. Já percebe "ordens" mais complexas como "leva o bebé e põe-o em cima da cadeira". Aliás, percebe quase tudo o que lhe dizemos. Tenta explorar para além dos limites estabelecidos, o que obriga a uma atenção constante e a um relembrar constante das regras. Por exemplo, quer subir para cima das cadeiras. Aliás as duas mini cadeiras que tem, são neste momento uma das atracções principais. Corre a casa com a cadeira atrás, ás vezes arrasta, outras pega mesmo nela e lá vem ela. "tenta", "tenta", e faz com a mão o movimento que nós fazemos quando dizemos para ela se sentar. Lá a sentamos, e levanta-se logo a seguir e novamente "tenta, "tenta". Muitas vezes já se senta sozinha.

 

Outra loucura é o carrinho do nenuco. No Algarve, corria a casa toda com ele e a paixão foi tal que a tia C. tratou logo de ir comprar um carrinho para a pequena princesa. Agora já corre cá em casa também com o carrinho e o bebé lá sentado. E depois diz e faz "óó", tão linda!

 

E há tanto sempre para contar, sobretudo quando estamos com ela 24 horas. Ficam algumas fotos, de bons momentos destes dias.

 

A Teresa e o carrinho de perdição.

 

A Teresa a olhar para a avó vestida de abelha (a minha mãe é professora e este foi o traje que levou no desfile com as crianças, que foi transferido para o auditório devido à chuva).

 

 

E agora a brincar com o quadro de giz. A maior parte dos riscos quem os fez foi a R.

 

publicado por pipocateresa às 08:51 | comentar | ver comentários (3) | favorito
11
Jan 10

No início do ano

Andamos felizes neste início de novo ano. Sempre agitados nesta vida que é a nossa e que é boa, apesar de os dias passarem demasiado depressa.

 

A Pipoca está linda! Nas férias atormentou-nos as noites, sempre a acordar e a choramingar, mas desde que chegou a casa tem dormido muito bem. E anda bem-disposta e feliz! Até dorme nas viagens, coisa muito rara por aqui. Ontem chegámos ao Porto para a festa de anos da avó paterna, com uma neve linda a cair. Flocos e mais flocos. A Teresa dormia e não viu, mas a mamã, que nunca tinha visto nevar (shame on me)adorou e delirou!!
Diz mesmo muitas palavras já. Todos os dias ouço novos sons que me surpreendem imenso porque esperava mais para a frente estas conquistas. Mas ela é tão tagarela que provavelmente vai começar a falar cedo. Ontem, por exemplo, saiu-se com “dá a mão”. Também lhe acho imensa graça quando faz “cocó” e começa a anunciar aos quatro ventos “cocó, cocó, cocó” e corre casa fora até a quarto onde habitualmente lhe mudo a fralda. Abre e fecha portas e armários constantemente, põe no lixo o que deve e o que não deve… Quatro olhos às vezes não são suficientes para tanta agitação. Por vezes, já se entretém sozinha a brincar, como no sábado de manhã em que esteve cerca de uma hora no meio dos seus bonecos, enquanto a mamã passava a ferro.
Tem comido muito bem e também aqui me surpreendeu: já come primeiro e segundo prato, e gosta! Sem stress nenhum da nossa parte porque, de facto, não custou mesmo nada. A sopa passou a ter massinha e bocadinhos de legumes e desde esparguete à bolonhesa, a massinha de bacalhau, passando por empadão, ou mesmo arroz e bife de peru, já de tudo se provou e aprovou.
A batalha agora é a hora da mudança da fralda ou do veste/despe. A cama é uma batalha campal, porque não quer colocar a fralda e corre em cima de cama, colocando-se em pé quando devia estar sentada, ou sentada quando precisava que estivesse em pé. É ela a testar os nossos limites, mais meus porque sou eu que a visto cá por casa. E um “não” bem firme já não vai pegando, e até a palmadinha cirúrgica me está a falhar… Só mesmo a paciência me tem ajudado.
E assim andamos no reino da Pipoca!
publicado por pipocateresa às 11:32 | comentar | ver comentários (2) | favorito
07
Nov 09

9.º dente e 13 meses

Já cá canta o 9.º dente, mas não tem direito a imagem porque não tenho a certeza de qual é... Só sei que é enorme e que me parece bastante afastado do incisivo para ser o canino, portanto deve ser mesmo o primeiro molar....

 

E hoje faz 13 meses esta minha pipoca. Está numa fase óptima a todos os níveis:

- Come que até assusta: come a sopa toda, a fruta e depois quer petiscar tudo o que comemos. É só ver comida no raio de visão que já pede, pede, pede. Aliás berra "dá, dá, dá", no outro dia a tia até se assustou, queria comer uma sandocas em frente dela e, de repente, viu um dedito em riste a gritar "dá, dá, dá".

- Dorme muito bem: deita-se às 9 e acorda às 7. Finalmente, habituou-se à mudança da hora.

- Está (quase) sempre muito bem disposta. Dá imensas gargalhadas e entretem-se bem sem ser preciso dar atenção constantemente. Adora brincar, ver bonecos ao nosso colo (tão mimada..................., mas sabe mesmo bem.....), andar de triciclo (daqueles em que nós empurramos), brincar com puzzles simples, tirar todos os bonecos de dentro da caixa dos brinquedos (a mamã agradece porque assim tem sempre com que se entreter). AMA música e já faz os gestos de algumas canções, como na música das galinhas.

- É muito doce, e dá muitos beijos daqueles que nos lambuzam a alma. Adora beijos repenicados.

- Já anda, mas ainda não tem muita confiança. Não tarda corre a casa toda. E n´so adoramos vê-la de rabito espetado, com aquele andar tão característico dos bebés quando começam a dar os primeiros passos. É o meu pinguim...

- Fala, fala, ralha, ralha. E o vocabulário continua a aumentar: já diz "não", qualquer coisa parecida com "dá-me", "quiu" (caiu).

 

Está mesmo muito engraçada e eu não sei, sinceramente, qual foi a fase mais bonita até ao momento porque estou a adorar todas. E agora que já fez um ano, confesso, o meu coração já bate por mais um... O que é que eu hei-de fazer?? Eu adoro isto! Não há nada no mundo que me dê mais prazer do que fraldas, bonecada, abraços e beijinhos e ler histórias, e dar-lhe a papa, e nunca me aborreço, ou fico sem paciência. Pronto, a verdade é esta. E se pudesse, ai se pudesse, tirava uma licença de 5 anos e dedicava-me à família. Mas não posso, pois não posso mesmo. Daqui a um ano volto a pensar no assunto. E se pensar bem, até é bom, ela já é mais autónoma e assim consigo ter mais tempo para mais uma aventura. Por outro lado, aproveito-a mais. :) :) (isto sou eu a reduzir a dissonância cognitiva).

publicado por pipocateresa às 21:15 | comentar | ver comentários (3) | favorito
20
Out 09

A festa

No sábado, finalmente, comemorámos o aniversário da pipoca. Foi uma festa para a família mas que acabou por ser grande porque só com a família directa enchemos a casa. Na sexta cheguei a casa às 8 da noite, pelo que tentámos fazer coisas que não ocupassem muito tempo. Encomendámos várias coisas, fizemos outras, e, no final, como quase sempre acontece nas festas organizadas por mim, parecia um novo baptizado tal era a quantidade de comida.

 

A princesa esteve sempre maravilhosa. Super bem disposta, parecia que sabia que estávamos todos reunidos por causa dela. Ela sorria, ela brincava, ela dava os seus passinhos, ela fazia gracinhas, um doce, doce. Na escola fizeram-lhe uma coroa cor-de-rosa e era vê-la sempre com a coroa na cabeça, ela que detesta coisas na cabeça, aquela não a largava, toda importante. Enfim, um mimo!

 

E agora já “faz de conta”. “Faz de conta” que dá papa aos bonecos, “faz de conta” que está a chorar. Tão engraçada! A prenda preferida foi um triciclo daqueles que também dá para empurrar. Ainda não é bem para a idade dela porque ainda não tem muito equilíbrio, mas adorou de tal maneira que o tivemos que o ir esconder. Continua a gostar de brincar com peças de encaixe e recebeu, também, mais um brinquedo desses. Depois recebeu dois casacos quentinhos para os dias frios de Outono e Inverno. Lindos!

 

 

publicado por pipocateresa às 08:37 | comentar | ver comentários (5) | favorito
30
Set 09

Uma paixão que começa por H.

E não, não estamos a falar do nosso querido papá. O amor aqui da pikena da casa é mesmo o Hopla. Ela pode estar na outra ponta da casa, pode estar no meio de um delicioso iogurte, ou a comer a sua fruta preferida, a brincar com os papás, sei lá qualquer coisa, que se ouve o Hopla no babytv, o mundo pára e ela lança-se numa emboscada em busca do seu boneco de eleição. É uma loucura mesmo. É de tal forma que até estou a pensar tentar que o bolo de aniversário tenha o hopla desenhado.

 

 

De resto, um tempo é pouco.... O que me chateia porque detesto a sensação de andar sempre a correr e de não ter tempo para respirar e para aproveitar os bons momentos da vida. E depois todos os dias há coisas tão giras para registar... Sim, porque ela está super engraçada: corre tudo a uma velocidade estonteante, adora brincar, come que é uma maravilha, faz imensas gracinhas, como "tá" com o comando/telefone/qualquer coisa que consiga colocar no ouvido, no banho esfrega-se como que a lavar-se. Vesti-la é uma odisseia: foge, gatinha, rebola, sempre na paródia. Adora atrapalhar as nossas rotinas com as suas reguilices. É mesmo uma fofa a minha filha. E é já de hoje a uma semana. E amanhã eu e o papá fazemos 4 anos de casados.

publicado por pipocateresa às 08:41 | comentar | ver comentários (5) | favorito
26
Ago 09

E cá em casa já se gatinha!!!!

Finalmente, depois de muito ensaiar, cá vai disto e a miúda começa a gatinhar. Ainda a medo, sem dúvida, vai na volta e fica de barriga no chão, reclama e volta sozinha a sentar-se. Mas diverte-se e nós também! Ainda não percebeu onde o gatinhar a pode levar, mas quando descobrir uiiiiiiiii.

 

Tem imensa energia, quer muito a nossa atenção e adora brincar. Sem dúvida que neste momento a brincadeira preferida é mesmo desmontar (e tentar montar e algumas peças já consegue mesmo montar) o tapete que comprámos. Aliás até já comprámos outro, para ter mais por onde desmontar porque neste momento em 10 minutos desmonta tudo.

 

Sabe dizer que não com a cabeça e fá-lo, sobretudo, quando não quer comer mais ou quando alguém a quer tirar do meu colo. Bem, está tão "mamã", que eu nem quero pensar como vai ser na próxima semana. Para mim vai ser um martírio... Até já começo a ter vontade de trabalhar, mas ficar longe dela vai custar imenso. Às vezes sinto-me cansada, confesso, mas depois ela dorme uma sesta e a minha paciência e calma renascem das cinzas. Sempre achei que educar é dar aos nossos filhos asas para, um dia, poderem voar sozinhos. Mas sei que cada passo em direcção à independência vai-me custar.

publicado por pipocateresa às 15:43 | comentar | ver comentários (1) | favorito
04
Ago 09

Férias I: Entre Douro e Minho

 

Eis onde nós estamos. É aqui onde fresco e o verde andam de mãos dadas que damos início às nossas férias. O nosso primeiro dia de férias por aqui assemelhava-se mais ao início das férias do Natal do que ao Verão… Frio que só visto. Até de manta andei no quintal. O que me valeu foi que trouxe um pijama de manga comprimida para a Teresa e dois pares de calças. Ainda não lhe consegui vestir um único vestido… Eu cá ando a tiritar de frio, nada que não seja habitual na minha estadia por estas bandas.
A Teresa anda satisfeita da vida. Brincar, dormir e comer, eis os verbos que caracterizam os seus dias. Tem dormido bem de noite e depois durante o dia dorme quando lhe apetece, sendo que a sesta depois do almoço é sempre a maior. A facilidade com que ela adormece durante o dia tem-me surpreendido. Quando estamos em casa nunca quer dormir, choraminga sempre. Aqui deito-a e ela fica, mesmo que não se deixa logo dormir dá umas voltas na cama, brinca com a chupeta, palra e acaba por ficar.
E depois tem feito as delícias de tias e avó, com as suas novas aprendizagens e brincadeiras. Já se levanta agarrada a uma cadeira e só quer correr tudo a dar os seus passinhos. Agora quando está no colo e a vou sentar, faz força nas pernas porque prefere ficar de pé. Neste momento, está sentada no tapete a brincar super feliz e entretida. Com uma musiquinha de fundo e ela lá está. Tranquila e linda.
Belas férias…
publicado por pipocateresa às 08:38 | comentar | ver comentários (1) | favorito
23
Jul 09

E hoje ao final da tarde...

 

Hoje comprámos este tapete que está na foto. Tinha visto um semelhante na casa de uns amigos e pensei que seria uma boa alternativa ao tapete de pano que acaba por se enrolar nesta fase em que ela não pára quieta. Perguntei aos meus amigos se a filhita deles, que tem 15 meses, arrancava as peças e eles disseram que não, que nem nunca tinha tentado. Como existem peças mais pequenas, essa era uma questão importante.

 

Hoje toda contente fui então comprar ao AKI, o bendito tapete. Montei-o, sob o olhar atento da minha pirralha. Pois assim que se sentou aconteceu isto que vêm na foto.!!Tirou logo uma dos quadrados e depois começou a tirar as restantes peças... Desmontou o urso todo. Mas curiosamente nem sequer tentou levar à boca. O que fez depois de desmontar foi tentar voltar a montar. Era vê-la a tentar encaixar a barriga no olho e o olho na barriga... Depois lá acertou com a barriga.

 

Depois de brincar no tapete, desci com ela e demos uma volta aqui nos nossos arredores no novo carrinho da boneca. Comprámos um daqueles carrinhos de passeio, não dos mais simples, porque queríamos que tivesse capota para o sol e que desse para recostar. A Pipoca adorou de tal forma que adormeceu e dormiu quase 2 HORAS... E foi assim o nosso final de tarde.

 

publicado por pipocateresa às 22:53 | comentar | ver comentários (4) | favorito