26
Jan 11

Mais histórias...

E nestes dias em casa parámos neste site http://e-livros.clube-de-leituras.pt/ várias vezes. É muito bom! Tem livros muito giros, como o que está na imagem, com uma narração super teatral que a Teresa adora. O da Princesa Malcriada também é muito giro.

 

Entretanto, hoje não teve febre e amanhã já regressa à escola. Desde Sábado que não sai de casa e não parece nada chateada com isso. :) Segunda e terça à tarde ficou comigo. Terça de manhã e hoje durante o dia, com o pai. Tem brincado imenso e andou sempre bem disposta. Para ela acho que cheirou a mini-férias... ;)

publicado por pipocateresa às 22:18 | comentar | ver comentários (3) | favorito
24
Jan 11

Foi um Foguetãozinho

Foi isto que ouvi quando a Teresa (que está em casa de molho) deu um pequeno pum. lol Se fosse grande seria com certeza um foguetão. Tive que me rir.

 

Esta deve ter ido buscar à escola.

publicado por pipocateresa às 18:26 | comentar | ver comentários (2) | favorito
12
Mai 10

Vírus ao ataque

Estamos em casa, a redobrar os mimos, a reforçar o colo, a triplicar as brincadeiras, sim porque isto de ser atacado por um vírus malandro que sobe a temperatura (por enquanto apenas isso) a isso obriga!

Voltamos em breve...

publicado por pipocateresa às 11:20 | comentar | ver comentários (3) | favorito
26
Jan 10

Reacção à vacina do sarampo

No sábado o tempo pedia um passeio apetitoso. Não é que tivesse muito bom, mas estava melhor do que até aí e o desejo de passear mais a pequena era já elevado. Demos, por isso, uns passeios durante a manhã e almoçámos os 3 num restaurante. Coisa rara, muito rara! Penso que a última vez que fomos os 3 a um restaurante foi no Verão. Mas até correu bem. Ela sempre muito mexida, mas a comer pouco, o que é sempre de estranhar.

 

À tarde deixamo-la na casa da tia e fomos os 2 às compras. Quando a fomos buscar estava a dormir.... mais uma coisa rara. Acordou vermelhusca, e a pedir muito colo. Fomos ver a febre mas sem acreditar muito, visto que não tinha qualquer outro sintoma: 39,7!!! Nem acreditei e voltei a repetir. O mesmo! Corremos para casa e demos-lhe o benuron. A febre baixou mas passadas 7 horas, estava novamente perto dos 40º. E assim andou sábado e domingo. 3 dias após a toma da vacina do sarampo, teve uma reacção brutal. Porque só pode ter sido isso, visto que na segunda acordou feliz e bem disposta como se o dia anterior tivesse sido apenas um sonho mau. No centro de saúde avisaram que podia acontecer, mas 5 a 10 dias após a toma e que duraria entre 24 e 48 horas. Durou, de facto, isso mas começou mais cedo. Está bem, agora!

 

E hoje chegou cansada do infantário. Ainda mexeu imenso, mas aterrou às 20.00 no meu colo e aqui ficou, aconchegada. Sabe tão bem!!

publicado por pipocateresa às 20:50 | comentar | ver comentários (3) | favorito
28
Nov 09

Gripe A - O diário!

Segunda-feira - acorda a pipoca Teresa com 38,8 graus de febre. Liguei para o infantário a avisar e nessa manhã ainda fui dar aulas. Ficou o H. com ela. Como só tinha mesmo febre não pensei que fosse gripe A. A febre subiu durante a amnhã, mesmo om o benuron, e mais à tarde. Fomos controlando com o brufen e o benuron. Ela choramingava de desconforto e dor. Mas comia bem e ia brincando.

 

Terça-feira - a febre andava sempre em valores em torno dos 39,8 e os 38,5, nunca baixava, mesmo com brufen. Fomos ao Hospital Pediátrico. Foi observada e chorou com força. Fizemos um teste à urina (depois de esperar 2 horas para que fizesse xixi). Nada. Foi novamente observada. A médica achou estranho o facto de ela só ter febre e ficou preocupada por não encontrar a origem da infecção. Disse-nos para regressarmos se a febre persistisse em valores tão elevados.

 

Quarta-feira - a febre baixou, mas a lamúria aumenta. Muito choro, muito incómodo, com toda a certeza, muitas dores. Entretanto a mamã já acusava sintomas de constipação: dores no corpo, 37,5 de febre, garganta inflamada. Muita vontade de estar na cama, com a doença e as noites anteriores sem dormir. Mas olhar para eles a precisar tanto de nós, dá-nos força e toca de andar para a frente.

 

Quinta-feira - febre volta a subir e a andar em torno dos 40. O papá entretanto fica também com sintomas de gripe. Ligamos para a nossa médica que nos disse para nos mantermos em casa e irmos controlando a febre. Se na sexta persistisse, para lhe ligarmos.

 

Sexta-feira - depois de uma noite terrível em que praticamente não dormimos, ligo para a médica logo de manhã e a secretária diz-me que não está nem sexta nem segunda. WhAT??????? Mas disse-me para ligar!!!! Pensei, mas não disse. Mas vou procurar outro médico, pois vou. Pegamos em nós e toca de ir para o Pediátrico. Depois de um Rx que não acusou nada e de ser novamente observada (mais lágrimas) a médica disse que era gripe A quase de certeza. Ainda pedi pela confirmação do diagnóstico, mas disse-me que não valia a pena porque era de certeza gripe, e como a outra gripe ainda não anda por aí, só podia ser a A.

 

Sábado - "depois da tempestade vem a bonança", ou "o sol sempre nasce depois da tempestade", aplica-se ao dia de hoje. Praticamente não teve febre, andou tão calma e bem disposta e nós tão tranquilos que, assim de repente, apesar do nariz congestionado, dos ouvidos tapados, da garganta inflamada, não podíamos ter tido um sábado melhor que o de hoje. E até segunda estamos de quarentena.

 

publicado por pipocateresa às 21:33 | comentar | ver comentários (2) | favorito
11
Out 09

Festa adiada...

E o meu amor pequenino comemorou o seu primeiro aniversário com a sua primeira virose à séria! Na quarta estivemos na médica para a consulta do ano e já estava, nessa altura, com 38 graus. Quando chegámos a casa já estava em valores que antes nunca tinha visto: 39,5º. E de quarta até sábado, foi sempre assim: entre o benuron e o brufen, dados, de uma forma intercalada, de 4 em 4 horas, a febre subia sempre até aos 39 e nunca descia abaixo dos 37,8. Claro que na quinta já não fui trabalhar, o mesmo acontecendo na sexta. Ainda pensei ir de tarde, ficando o H. com ela de manhã. Mas a febre estava tão terrível, que me obrigava a despi-la, dar-lhe banho, recorrer a panos húmidos, etc., e a fazer isto tudo com calma e serenidade, algo que, de uma forma geral, falta ao sexo oposto. O H. que é um paizão maravilhoso, ficou tão aflito que já queria ir a correr com ela para as urgências. Homens! lol. E a miúda só tinha mesmo febre!

 

Agora já está bem, parece que não nada com ela. Comeu sempre bem durante estes dias, nem parecia que estava tão doentinha. Andou relativamente bem disposta e agora está do mais "MAMÃ" que se possa imaginar. Eu não posso ir sequer à casa de banho, que a minha pipoca lança-se na sua saga pela casa, de gatas, a uma velocidade incrível, e em menos de 1 minuto já me descobriu. Quando não tem pachorra para a corrida, ele é ouvi-la "Ma mã, Ma mã, Ma mã" naquele tom de suplica que derrete este meu coração que já de si é derretido de todo.

 

E a festa? Pois a festa fica para o próximo sábado! Daqui a pouco apaga a vela do 1 ano, já com 2!!!

 

publicado por pipocateresa às 12:30 | comentar | ver comentários (2) | favorito
09
Mai 09

Últimas e 7 meses

Esta semana foi dura.... E quando esperava "aquele" momento de descanso, eis que a pequerrucha adoece. Ligaram-me do infantário, à hora de almoço e como estava em Coimbra, fui logo buscá-la. Estava com febre e o peito apanhado. Passou a tarde mais ou menos, mas à noite acordou à 1 da manhã e só voltou a adormecer por volta das 5. Estava queixosa e chorona. Tinha também algumas cólicas. Hoje ainda só lhe coloquei um benuron porque a febre estava a subir, mas está um pouco melhor. Para a expectoração temos feito vapores com folhas de eucalipto. Vamos ver se amanhã já está melhorzinha.

 

Na próxima semana vou para um congresso no estrangeiro e a princesa vai ficar com a avó no Porto. Isto se melhorar claro! De qualquer forma só vou na quarta, por isso, até lá dá para ver a evolução.

 

E na quinta-feira o meu amor pequenino fez 7 meses! Está tão grande, linda e simpática!

- Come muito bem e não tira os olhos de nós quando comemos.

- Diz um "olá" e um "papá" quase perfeitos. Mexe os pés constatemente... aqueles pézinhos não páram!

- Adora mimos, festas e beijinhos. E também ela já dá uns beijos muito molhados e faz umas festas que são uma ternura.

- Música, música, música. Dêem-lhe música e ela fica bem!

- Já se vira muito bem e aguenta algum tempo sentada.

- Quando não quer estar sentada faz a ponte com as costas e resmunga.

- Raramente chora e acorda sempre a palrar e bem disposta!

- Adora o Hopla. Quando começa a música inicial, ela até treme. Fica muito atenta durante o episódio e reage ao que vê, sorrindo em algumas partes.

- Quando está a ouvir música os braços e as pernas estão sempre em acção.

- Gosta muito que a coloquem em pé!

- Continua com uma cara de reguila que não engana ninguém: vais dar trabalho filha! E depois tem um nariz torcido... faz um ar de enjoada quando não gosta de alguma coisa... 

 

Enfim, és linda! E eu meu amor adoro-te!

 

"Olha aqui
Preste atenção
Essa é a Nossa Canção
Vou cantá-la seja aonde for
Para nunca esquecer
O nosso Amor
O nosso Amor...

Veja bem, foi você
A razão e o porquê
De nascer esta canção assim
Pois você é o amor
Que existe em mim..."

(No outro dia estava numa loja de roupa e ouvi esta música, pelos vistos já velhinha, numa versão cantada pela Vanessa da Mata. Parei, ouvi e derreti-me.)

publicado por pipocateresa às 20:24 | comentar | ver comentários (4) | favorito
15
Abr 09

É bom estar de volta e poder

... Ir buscar-te ao infantário e ver-te sorrir...

... As nossas gargalhadas ao final da tarde...

... Andar contigo ao colo e cantar que nem uma perdida pela casa...

... Encher-te de beijos, lambuzar-te com o meu amor...

... Dar-te a papa e ouvir-te reclamar entre colheres...

... Espalhar tudo no chão e ficar lá contigo...

 

E ter de tratar do jantar, ao mesmo tempo, estender roupa, dar-te banho, passar a ferro, fazer a tua sopa, deitar-te e ainda ir ali dar uma vista de olhos no que ficou por organizar do trabalho...

 

Saudade da nossa vida tão agitada e perfeita, tão doce, tão boa...

E foi só uma semana de cama...

publicado por pipocateresa às 21:54 | comentar | ver comentários (2) | favorito
13
Abr 09

Muito doente

Foi assim que estive toda a semana. Mesmo muito mal! Não me recordo de ter estado assim alguma vez... Febres altas, naúseas e, sobretudo, muitas vertigens deixaram-me de cama toda a semana.

 

Ver a minha pequenina e não poder cuidar dela... Olhar para os olhinhos dela a fitarem-me, espantados, por não pegar nela ao colo, por não brincar com ela, por não lhe dar de mamar. Enfim, foi muito difícil. Uma mãe nunca deveria estar doente...

 

Como não me conseguia alimentar e mesmo água era muito difícil, o leite foi diminuindo. Também não lhe pude dar de mamar porque, entretanto, tive mesmo que tomar alguma coisa que ajudasse na recuperação. Tenho tirado leite com a bomba, mas cada vez consigo tirar menos.

 

Continuo com tonturas. Estive hoje na médica que me deu baixa até quinta-feira. Quando conseguir venho contar as novidades dos 6 meses da minha princesa.

 

 

publicado por pipocateresa às 14:20 | comentar | ver comentários (7) | favorito
14
Mar 09

Sobre a febre...

Passou... assim como veio foi... Num dia febre de 38,5, no dia a seguir uma boa disposição incrível. Ainda bem! Continuamos sem saber o motivo.

 

Mais uma novidade: o sono. Anda a dormir mal e tem dificuldade em adormecer. Antes ficava na cama, ainda acordada e adormecia sozinha. Agora é uma luta. Chora, chora, e eu pego nela ao colo, mas mesmo no colo não é fácil. Depois, o que acontece é que acorda durante a noite e ao ver que está na cama começa logo a chorar. Ontem esteve das 11 às 2 da manhã...

 

Para mim há um motivo para estas alterações: infantário! Por muito bom que seja (e, de facto, é) é um infantário. E ela sente falta da mãe, do pai, da casa dela, dos mimos e das brincadeiras a toda a hora.

 

 

publicado por pipocateresa às 21:49 | comentar | ver comentários (2) | favorito